Inovação Tecnológica, Engenharia Software, BI/DW, Mobility, Mentoring e Coaching Empresarial


Visite também o meu BLOG paulocrespo.wordpress.com.



Leitura Obrigatória e/ou Meditação

Um novo dia

Salve! salve quem é de paz, amor e bom humor.
Salve! Que é de muitas idéias mas não foge do trabalho duro de construir as idéias.
Salve ! Quem acorda pra retomar o sonho com a confiança de quem sabe que vai realizar.
Esteja preparado. Todas as boas forças do universo estão a seu favor. Mas tem de aproveitar enquanto é tempo.
Não se pode desperdiçar a energia de hoje.
Ela deve ser aplicadas e conduzida para a produção do bem.
Você não está sozinho.
Vá em frente com coragem que tem muita gente com você ainda que você não veja.
Cuide bem dos pensamentos e tenha propósitos.
Dê significado as suas ações. Acredite na sua capacidade que tudo vai dar certo.
A sua força de vontade vai leva-lo aonde você quer chegar.
Sua fé vai manter você firme.
Sua simpatia vai aproxima-lo das pessoas certas.
A sua disposição sincera vai leva-lo a vencer todos os obstáculos.
O seu talento a serviço do bem fará um grande bem para a humanidade.
Começa a aventura de um novo dia.

Bom dia!

Irineu Toledo

Em busca da felicidade

Passamos a vida em busca da felicidade.
Procurando o tesouro escondido.
Corremos de um lado para outro esperando descobrir a chave da felicidade.
Esperamos que tudo que nos preocupa se resolva num passe de mágica.
E achamos que a vida seria tão diferente, se pelo menos fôssemos felizes.
E, assim, uns fogem de casa para ser feliz.
Outros fogem para casa em busca da felicidade.
Uns se casam pensando em ser feliz.
Outros se divorciam para ser feliz.
Uns desejam viver sozinhos para ser feliz.
Outros desejam possuir uma grande família a fim de ser feliz.
Uns fazem viagens caríssimas buscando ser feliz.
Analisam roteiros, escolhem os melhores hotéis, os pontos turísticos mais invejados para visitar.
Outros trabalham além do normal buscando a felicidade.
Fazem horas extras, inventam treinamentos e mais treinamentos para encher sempre mais os seus dias com compromissos profissionais.
Uns desejam ser profissionais liberais para comandar a sua própria vida e poder ser feliz.
Outros desejam ser empregados para ter certeza do salário no final do mês e, assim, poder ser feliz.
Outros, ainda, desejam trabalhar por comissão, assegurando que o seu esforço se transforme em melhor remuneração e assim ser feliz.
É uma busca infinita.
Anos desperdiçados.
Nunca a lua está ao alcance da mão.
Nunca o fruto está maduro.
Nunca o carinho recebido é suficiente.
Mas, há uma forma melhor de viver!
A partir do momento em que decidimos, sinceramente, ser feliz… é que percebemos que a felicidade não está na riqueza material, na casa nova, no carro novo, naquela carreira, naquela pessoa.
E jamais está à venda.
Quando não conseguimos achar satisfação dentro de nós mesmos, é inútil procurar em outra parte.
Sempre que dependemos de fatores externos para ter alegria, estamos fadados à decepção.
A felicidade não se encontra nas coisas exteriores.
A felicidade consiste na satisfação com o que temos e com o que não temos.
Poucas coisas são necessárias para fazer o homem sábio feliz, ao mesmo tempo em que nenhuma fortuna satisfaz a um inconformado.
As necessidades de cada um de nós são poucas.
Enquanto nós tivermos algo a fazer, alguém para amar, alguma coisa para esperar seremos felizes.
Tenhamos certeza: a única fonte de felicidade está dentro de nós, e deve ser repartida.
Repartir nossas alegrias é como espalhar perfumes sobre os outros: sempre algumas gotas acabam caindo sobre nós mesmos.
Se chover, seja feliz com a chuva que molha os campos, varre as ruas e limpa a atmosfera.
Se fizer sol, aproveite o calor.
Se houver flores em seu jardim, aproveite o perfume.
Se tudo estiver seco, aproveite para colocar as mãos na terra, plantar sementes e aguardar a floração.
Se tiver amigos, aproveite para bater um papo, troque idéias e seja feliz com a felicidade deles.
Se não tiver amigos, aproveite para conquistar ao menos um.
Aproveite o dia de hoje para ser feliz.

(autor desconhecido)